Cinco coisas prejudiciais para Orquídeas

Hoje eu vim fazer esse artigo sobre “Orquídeas” Cinco coisas prejudiciais para Orquídeas a pedido das pessoas que está começando agora está comprando sua primeira orquídea o que já comprou já morreu e quer comprar de novo é tentar de novo para aquelas pessoas que está iniciando o mesmo é no cultivo das orquídeas olha só eu assim baseado aqui no meu time eu selecionei dez dicas para você que está começando assim tudo isso pessoal eu selecionei aqui é baseado no executivo certo então:

cinco coisas que orquídea não gosta

Primeiro vou falar cinco coisas que orquídea não gosta não tolera e depois eu vou falar cinco coisas que elas precisam para poder se desenvolver bem antes de eu começar com sol essa daqui e achei a linha e essa daqui é bruno bru

Elas são bem parecidas diferença é o tamanho da flor mantenha blu bem grande ou pequeno mas o tom é bem parecido e o cheiro também então vamos lá pessoal eu escrevi aqui primeiro passo assim.

Baseado aqui no meu que tem pra você que está começando a orquídea epífita fica ela não gosta de terra aí você fala se mais para quem está começando é mais gentil que é o pessoal é o que gosta ela gosta de substrato

por exemplo aqui tem pedra tem carvão tem casca de pinus, exemplo se você encontrar uma folha que ela vem implantada nesse substrato vocês jamais você pode colocá-lo em terra a menos que ela seja terrestre certo.

substratos

Então orquídea que é plantada no substratos de casca de pinus carvão tá caco de telha ou pode ser amarrada no toquinho venderá então orquídea e fita não gosta de terra e por que não gosto de sol ela não pode.

Tem algumas que até gosta mas a maioria dela não gosta do sol pleno elas precisam disso aqui pessoal é sua tela chamada sombrio vêm de várias porcentagem de 70 e 80 e 50% aí você vai ver né assim para quem está começando O ideal que eu assim que eu comecei quando eu comecei eu comecei com 70%

orquídea não gosta de ficar solta

terceiro orquídea não gosta de ficar solta tipo na hora do retorno você tem que fazer o possível para deixar ela presa a deixá-la bem firme no vazio porque se ela ficar balançando ela não vai faltar isso não vai se desenvolver

orquídea não gosta de ventos

Quarta dica orquídea não gosta de ventos e você plantar tudo direitinho se você mora em apartamento e venta muito e ela fica balançando muito ela não vai se desenvolver porque ela precisa esta segura e se ela fica balançando pra lá e pra cá ela não vai sentir seguro e também não vai se desenvolver.

Outra coisa que a orquídea não gosta de ficar encharcada a orquídea gosta de ser regada que a água passe por ela escuta não quer que a água fique parada exemplo você não pode deixar aquele pratinho embaixo do vaso da porque ela fica encharcado e a raiz apodrece aí morre.

Então cinco coisa que a orquídea não gosta se ela for epífia ela não vai aceitar ser plantada em terra não gosta de sol direto que queimar as folhas não gosta de ficar solta porque senão ela não se desenvolve, não gosta do vento e nem gosta de ficar encharcada.

O que a orquídea adora precisa e necessita

Agora vou falar cinco coisas que a orquídea adora precisa e necessita para se desenvolver bem. substrato bem drenado nada encharcado nada socado nada apertado tem que ser uma coisa bem treinada para as raízes se desenvolver livre é ela precisa se sentir segura pela aquela parte que eu falei que ela não pode ficar solta ela não gosta de ficar solto ela gosta de se sentir segura.

você pode aprender ela com aqueles na maneira de pão com um palito de churrasco amarrar com barba no tem que deixar presa e a luminosidade pessoal senão tiver luminosidade não vai nem adianta.

você comprar e deixar lá dentro de casa ela precisa receber a luz filtrada e outra coisa que orquídeas amadora é a umidade a umidade no ar, o que eu faço para manter essa umidade no ar, eu aqui eu molho o chão coloco assim uma planta próxima que ela fica solta umidade que aquela terra ela fica soltando umidade e adubação correta.

Um exemplo se é pra você aduba de oito em oito dias não adianta você adubado dez dias na outra semana não adubar passar um mês sem aduba ou então adubar um dia sim dia não adianta.

Como adulbar corretamente

A pessoa tem que ser feito se você comprar um adubo qualquer adubo e adubo é uma coisa pessoal cada um vai saber qual é o melhor para suas orquídeas mas não é sempre igual eu uso da fox aí lá tem a opção de usar

De 88 dias ou de 15 em 15 dias não adianta eu fazer minha forma e adubar de 10 dez dias de mês e mês de dois em dois meses no poder tem que ser feito ou você aduba e oito em oito dias ou aduba de 15 em 15 dias sempre no final da tarde e não pode esquecer que se aquela coisa certa porque se não você não vai resolver é resultado.

então vou reforçar que as coisas que a Orquídea precisa para se desenvolver que ela gosta substrato granado precisa ser sempre segura para se desenvolvera luminosidade ab a umidade no ar e adubação correta e outra coisa pra sua mais importante do que a adubação é a luminosidade.

Luminosidade

você pode até fazer tudo direitinho mas se você não der luminosidade é correta ela também não vai se desenvolver você pode adubar pode plantar no substrato certo se você não dela a luminosidade correta ela não vai não vai porque mais importante do que o adubo é aluminosidade certo pessoal então é essa de dez dicas e eu falei aqui pra vocês lembram que é tudo baseado no meu cultivo certo.

para saber muito mais clique aqui

Como fazer Jardins Verticais internos

Diversos tipos de plantas podem ser utilizadas nos jardins

Diversos tipos de plantas podem ser utilizadas nos jardins verticais havendo uma maior tendência de uso de espécies de menor porte pendentes com o sem flores escolhidas, conforme a condição em que serão cultivadas em ambiente interno ou externo à meia sombra ou sol pleno sujeito ou não há períodos frios.

Eventos dominantes porém muitas outras plantas podem ser usadas de todos os portes e características combinadas de forma adar aos painéis composições inusitadas de grande apelo visual mas, que ao mesmo tempo se mantenham vistosa saudáveis

o projeto proposto o suporte e o vasilhame escolhidos e as condições de manejo são fatores que deverão ser também considerados na escolha das plantas nós vamos citar duas situações onde o jardim vertical pode ser utilizado enriquecendo humanizando aqueles ambientes.

Jardins vertical em ambientes internos

O primeiro imaginamos aqui uma sala de estar com todas as suas mobílias, poltronas e as mobílias que compõem esse tipo de ambiente onde poderia ser utilizado um jardim vertical: ele poderia ser utilizado na parede substituindo por exemplo uma pintura um quadro neste caso

o principal cuidado é com aluminosidade por ser um ambiente interior as plantas a serem utilizadas devem ser plantas de sem sombra mesmo assim devemos nos precaver para possíveis trocas levando essas plantas para o ambiente onde ela possa se restabelecer substituindo com outras e fazer essa troca. sucessivamente a algumas espécies que podem ser utilizadas.

Plantas para Jardins vertical

Nesse caso as mantas ascal atéias as arábias são algumas das espécies os aspargos acoluna é peixinho cloro fito são alguns dos exemplos que podem ser, utilizados promovendo uma paisagem bastante harmônica e bastante rica no nosso segundo exemplo vamos utilizar a fachada de um prédio com relação à luminosidade esse local pode estar numa posição demeia sombra, porém na maior parte dos casos se vai ser um local que recebe bastante luminosidade.

Tratos culturais de manutenção Jardins vertical .

pra isso vamos pensar em espécie de sol pleno além da estruturação que deve ser considerada nós podemos citar como espécies aptas para esse ambiente de bastante luminosidade a a buganville arros héliacoroa de cristo agaves jasmim amarelo Orquídeas dentre outras que apresentam bastante rusticidade facilitando os tratos culturais de manutenção.

Para concluir,é importante destacar que existem plantas que dificilmente você poderá colocar em um jardim vertical principalmente as espécies que apresentam raízes longas e pesadas isso porque os jardins verticais na maior parte das vezes apresenta um espaço reduzido para o crescimento do sistema. radicular sem contar que raízes muito agressivas podem até danificar o vasilhame ou suporte.

considere também que geralmente plantas com muita necessidade de água e aquelas que têm folhagens muito delicadas são mais problemáticas para os jardins verticais fora estes tipos de limitações use a sua criatividade e combine as melhores plantas para fazer um belo jardim vertical durável e de fácil manejo.

Saiba mais clicando Aqui